quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Às vezes, tudo o que você precisa...

... é se desfazer de algumas coisas...



Coisas inúteis, coisas passadas, recordações dolorosas, bilhetinhos, cartinhas de quem você quer esquecer, mechas de cabelo, caixas de remédio, vidros vazios, joias desbotadas. Tire tudo do seu armário. Rasgue, de preferência em mil pedacinhos. Junte tudo num lado da sua cama. Rasgue mais. Não tenha medo, não tenha pena; simplesmente rasgue. Simplesmente se livre de tudo que atravanca sua vida. Não viva do passado.

... e reorganizar outras.

Tudo o que você sentir que não pode jogar fora, guarde. Se for algo que pode te deprimir, esconda. Tenha o hábito de guardar caixas, encha-as com tudo o que é caro para você. Não se esqueça de nunca se livrar de lembranças das pessoas que você mais ama e que você sabe que sentem o mesmo por você. É com elas que você pode contar, é com elas que vai dividir suas alegrias e tristezas. Se você teve um momento muito bom na sua vida, não se desfaça dele; tente guardá-lo na memória e em pequenas quantidades de papel. Reserve um espaço pro que está por vir. Viva o presente, preparando-se pro futuro: ele é promissor.

Um comentário:

dudadaibert disse...

o futuro é promissor. ;D [nesse momento em que escrevia isso eu me lembrei da musiquinha da globo o.o /semata]